apoio

LED Esquerda
Destaques:
  • Qual o futuro da Medicina Digital para o doente com cancro?

  • Saiba quais são as principais opções para o tratamento do cancro colorretal.

  • Quais as atualizações no cancro da mama metastático?

  • Avanços no cancro de pele não-melanoma em destaque

  • Estará a imunoterapia a mudar o paradigma do tratamento do cancro?

  • O estado da arte no tratamento do cancro do pulmão

  • Vamos falar de sexo e cancro?

  • O enigma da política pública em Oncologia

  • Perspetivas de futuro: conheça as mais recentes guidelines

  • Genética em Oncologia: quem e quando testar?

  • Os desafios no tratamento do cancro da próstata

LED Direita
Radioterapia hipofracionada no tratamento de gliomas de alto grau dignosticados de novo em doentes jovens com bom performance status

Radioterapia hipofracionada no tratamento de gliomas de alto grau dignosticados de novo em doentes jovens com bom performance status

A interna de Oncologia Médica Dr.ª Ana Carmo Valente, do Centro Hospitalar e Universitário de São João, levou até à ESMO o poster intitulado “Hypofractionated radiotherapy for the treatment of newly diagnosed high-grade gliomas in younger and good performance status patients during COVID-19 pandemic”.  Assista à explicação da autora em vídeo.

Vídeo

Durante a pandemia da COVID-19, as equipas dos Serviços Oncologia tiveram de colocar na balança, de um lado, os riscos de exposição vírus e, por outro, o impacto do subtratamento dos doentes oncológicos.

Este desafio está na origem do trabalho apresentado pela Dr.ª Ana Carmo Valente, a respeito do glicomas de alto grau, para os quais algumas recomendações internacionais “favoreciam o tratamento de radioterapia hipofracionados, particularmente em doentes idosos e mais frágeis”. Sabendo-se do benefício em sobrevivência global “com o esquema convencional de radioterapia associada a temozolomida, seguida de temozolomida”, em comparação com “radioterapia isolada” em doentes com idade inferior ou igual a 70 anos, com performance status inferior ou igual a dois. Contudo, como explica, são pouco dados atuais relativos a esquemas hipofracionados, neste subgrupo de doentes, nomeadamente a respeito dos outcomes de sobrevivência global.

E, no contexto da pandemia, perante a necessidade de reduzir o risco de infeção dos doentes, de minimizar o tempo passado no hospital e o impacto das possíveis interrupções de tratamento, foi decidido na reunião de grupo multidisciplinar do Serviço de Oncologia do Centro Hospitalar e Universitário, "praticar o esquema de radioterapia hipofracionada mesmo em doentes jovens e com bom performance status".

Este trabalho aceite para poster da ESMO é o resultado desta prática e de uma análise retrospectiva, que assim pretende contribuir na sua medida para um maior conhecimento sobre o papel dos esquema de radioterapia fracionados.

Radioterapia hipofracionada no tratamento de gliomas de alto grau dignosticados de novo em doentes jovens com bom performance status

segunda-feira, 12 setembro 2022 18:01
Posters


Newsletter

Receba em primeira mão todas as notícias

TODOS OS CONTEÚDOS SÃO DA EXCLUSIVA RESPONSABILIDADE DA NEWS FARMA.